O Evento

Título do Site

Visitantes

O Simpósio Flora das Restingas Fluminenses 

 

O território brasileiro conta com grande diversidade de ecossistemas, tendo uma flora estimada em, cerca de, 46 mil espécies vegetais da qual mais de 90% é desconhecida quimicamente.

As restingas integram um mosaico de comunidades vegetais associado a Mata Atlântica, crescendo nas planícies arenosas costeiras ao longo do litoral brasileiro, com uma flora estimada em mais de 4.000 espécies.

Nas restingas fluminenses o número de espécies está em torno de 1.100 e o desconhecimento do seu potencial fitoquímico e biológico é uma grande lacuna ao conhecimento da Biodiversidade. Estes estudos são urgentes, pois, a localização litorânea das restingas desperta uma intensa cobiça econômica, seja para empreendimentos industriais ou residenciais. Desse modo, muitas restingas têm a sua conservação ambiental ameaçada.

Visando congregar e divulgar os estudos fitoquímicos e de bioatividade desenvolvidos com as plantas das restingas, o Laboratório de Tecnologia de Produtos Naturais (LTPN) da Universidade Federal Fluminense em conjunto com o Instituto Vital Brazil e a Faculdade de Formação de Professores (FFP) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro promovem bianualmente o Simpósio Flora das Restingas Fluminenses.

Nessa edição o tema será "20 anos de pesquisas no Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba”. Situado entre os municípios de Macaé, Carapebus e Quissamã, foi o primeiro Parque Nacional no Brasil a compreender exclusivamente o ecossistema de restinga. Desde 1998, o LTPN-UFF e a FFP-UERJ desenvolvem pesquisas com as atividades fitoquímicas e biológicas das espécies nativas da Restinga de Jurubatiba.

O evento é destinado a alunos, professores, pesquisadores e pessoas que se interessam ou desenvolvam trabalhos nas áreas de florística, etnobotânica, fitoquímica, biotecnologia e atividade biológica com as plantas das restingas.

COMISSÃO ORGANIZADORA 

 

Coordenação geral

Dr. Leandro Machado Rocha (LTPN-UFF)

Dr. Marcelo Guerra Santos (FFP-UERJ)

 

Coordenação cientifica

Dra. Adriana Passos Oliveira (UFRJ)

Dra. Bettina Monika Ruppelt (LURA-UFF)

Secretaria

Arthur Luiz Corrêa (LTPN-UFF)

REALIZAÇÃO

APOIO